DIA DO VOLUNTARIADO GLOBAL

O Dia do Voluntariado Global ao nível do grupo é um programa de alcance comunitário focado em incutir o espírito do voluntariado entre os funcionários do DPDHL Group, incentivando-os a dedicar tempo e esforço para criar um impacto positivo nas suas comunidades. Os funcionários são incentivados a organizar atividades alinhadas com os três programas de Responsabilidade Corporativa do Deutsche Post DHL Group: GoGreen (proteger o ambiente), GoHelp (entregar ajuda) e GoTeach (melhorar as oportunidades educativas e a empregabilidade).

Introduzido em 2008 na Ásia-Pacífico, o Dia do Voluntariado adquiriu um forte impulso ao longo dos anos. Em 2014, a iniciativa atraiu cerca de 108.000 participantes em 117 países, colaborando com parceiros locais, Clientes e organizações sem fins lucrativos ou organizações/agências comunitárias para participar em mais de 1.000 programas que beneficiaram as comunidades locais.

O voluntariado teve uma boa repercussão entre os funcionários, o que é demonstrado pelos numerosos outros projetos de voluntariado que ocorrem ao longo do ano. Desde 2013, todas as atividades de voluntariado serão reconhecidas e contabilizadas como atividades GVD.


Fundo Viver a Responsabilidade

O Fundo Viver a Responsabilidade apoia financeiramente projetos das comunidades locais geridos por organizações sem fins lucrativos e envolve os esforços de voluntariado dos nossos funcionários. Mais uma vez, muitos dos nossos funcionários candidataram-se ao financiamento de projetos em 2012. O financiamento foi concedido a 79 projetos que envolvem mais de 4.159 funcionários em 31 países. Em termos globais, os funcionários voluntariaram 35.000 horas do seu tempo a projetos locais. O Fundo Viver a Responsabilidade doou aproximadamente 212.000 EUR em financiamento de projetos, que foram transferidos como donativos de beneficência diretamente para as organizações sem fins lucrativos participantes. A elevada taxa de participação demonstra como é importante o compromisso social para os nossos funcionários. Ao ajudar a resolver problemas nas suas comunidades locais, não só dão um contributo para a sociedade, como criam um sentido de comunidade e trabalho de equipa que se estende ao local de trabalho.

Os projetos são selecionados por um júri constituído por representantes das divisões do Grupo e do Centro Corporativo. O financiamento, que tem um limite de 4.000 EUR por projeto, baseia-se no número de horas de voluntariado que os funcionários dedicam ao projeto no decorrer do ano de candidatura.

Ao selecionar projetos, o Fundo Viver a Responsabilidade procura iniciativas que demonstrem continuidade e sustentabilidade.